segunda-feira, 2 de dezembro de 2013

A rapariga do casaco verde

Oioi loves,
Quem me segue pelo instagram já notou a presença de um casaco bem vintage. 
Sempre que estou em casa uso-o, é como "o casaco de andar por casa" que todas nos temos.

(A C acabadinha de acordar a beber o seu galão caseiro na entrada do prédio. Sim, há dias em que desço de pijama e pantufas à rua e acreditem, vivo numa rua bastante movimentada.)


Ora, a história do casaco, que é esse o propósito do post.
Era já óbvio para mim que este casaco já tinha passado pela minha mãe e, ela sim, o teria usado na rua e lançado todo um charme - porque o casaco é lindo nas horas. O que eu não sabia, até há bem pouco tempo, é que este foi o casaco que a minha mãe usou com foi com o daddy a Paris. Ora e porque é que eles foram a Paris? Para o daddy pedir autorização para casar com a mommy. Sim, sim!! O Sr. Lico foi até ao sogro pedir autorização, mesmo à moda antiga.
Hoje em dia os papás já contam com 27 anos de casados e com a filha mais nova a usar o "casaco verde" - que já passeou por terras francesas - por casa.



Um dia destes ganho coragem e saio com ele à rua. Não é que o casaco não mereça, mas como me habituei a usa-lo por casa... Sabem a sensação, não sabem?
O que é que vocês acham?

Love, C

1 comentário:

  1. o casaco é giro. Quando estou em casa na minha terrinha tb saio à rua de pijama a tomar o café, mas aqui na cidade não teria coragem, por isso gabo.te a coragem xD

    ResponderEliminar